A Prefeitura de Indaiatuba iniciará a distribuição do Kit Alimentação para os estudantes da Rede Municipal de Ensino a partir do dia 10. Nesta terceira etapa do benefício o prefeito determinou que os alimentos sejam distribuídos a todos os alunos que precisam da ajuda, e não apenas aos cadastrados no Programa Bolsa Família, como foi feito nas etapas anteriores. As famílias dos estudantes deverão aguardar o contato da direção da escola que avisará a data em que os Kits estarão disponíveis para a retirada. Serão beneficiados mais de 22 mil alunos.

A empresa fornecedora finalizará a entrega dos Kits nas unidades escolares até o final desta semana, o que viabilizará a entrega aos estudantes já a partir da próxima semana. Nos meses anteriores, cerca de 4 mil alunos receberam as cestas em suas residências, mas como o prefeito estendeu o benefício a todos os alunos da Rede Municipal, a logística da entrega precisou ser modificada. As famílias serão responsáveis pela retirada na escola.

O prefeito explicou que decidiu ampliar o benefício com a proposta de oferecer um reforço na alimentação dos estudantes da Rede Municipal, enquanto as aulas estiverem suspensas devido à pandemia. “Essa pandemia comprometeu não apenas a saúde pública, mas também a economia do nosso País. Muitos pais e mães perderam seus empregos, tiveram suas rendas reduzidas e estão passando por dificuldades financeiras, mesmo que temporariamente. Por isso optamos por montar esses kits de alimentos e entregar a todos os estudantes matriculados que estiverem precisando dessa ajuda. Na escola, a merenda é ofertada a todos os alunos, por isso é justo que todos também tenham direito de levar os alimentos para suas casas. O aluno que precisar, vai poder retirar o kit na sua escola, sem nenhuma restrição”, argumentou Gaspar. 

A secretária de Educação, Rita Trasferetti, elogiou a decisão. “Ficamos muito felizes com a determinação do prefeito em ampliar a entrega dos Kits Alimentação para todos os alunos matriculados, sabemos que muitas famílias estão passando necessidades. Gostaríamos de agradecer todas as equipes das escolas, pela dedicação e envolvimento nesta importante tarefa”, completou.

É importante ressaltar que o Kit de alimentos é para uso exclusivo do beneficiário, não podendo ser vendido ou doado, o que significa que devem retirar os Kits somente as famílias que realmente precisarem para consumo. No ato da retirada dos alimentos, o beneficiário deverá preencher um recibo de entrega/declaração.

Os Kits serão compostos por 1kg de açúcar extra fino; 5kg de arroz agulhinha tipo 1; dois pacotes de biscoito cream cracker 200g; 500g de farinha de mandioca torrada; 1kg de feijão carioca; 500g de fubá de milho; 500gr de macarrão espaguete; um óleo de soja refinado de 900 ml; 1kg de farinha de trigo; duas latas de sardinha (em óleo) – 125g cada; 200g de farinha de aveia; duas embalagens de extrato de tomate, com 140grs cada e duas embalagens de leite em pó integral, com 400grs cada.