A disputa da Liga Paulista de Futsal foi suspensa no final de março, poucos dias antes da estreia da Associação Desportiva Indaiatuba (ADI), em virtude da pandemia do Coronavírus. Seis meses depois, a competição retorna e o time local faz sua estreia amanhã, dia 24, diante do Hortolândia Futsal, às 19h45, jogando em casa, mas sem a presença de torcedores. Antes disso, os jogadores passaram por testes de RT-PCR, realizados por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

“Os atletas devem chegar prontos para o jogo, não podem usar os vestiários e nem mesmo fica na quadra. As equipes devem chegar uma hora antes, aquecer, jogar e ir embora”, destaca Maximiliano Undiciatti, presidente da ADI Futsal. “Fizemos o teste rápido com os jogadores quando eles se reapresentaram, há cerca de um mês, e agora fizemos o PCR, uma obrigatoriedade da própria Liga, na semana que antecede o jogo”.

A equipe teve algumas mudanças. “Tivemos a saída do Lucas e a chegada do Flavinho. Também subimos quatro atletas do Sub-20, que não terá competição este ano, com o aval da nossa comissão técnica e do técnico Juliano Ripabello” afirma Max, que avalia o retorno da competição. “Tivemos que voltar após cinco meses parados, fazer uma nova pré-temporada. Isso aumenta o risco de lesão, pois os jogos oficiais são mais intensos e exigem mais dos atletas”.

“Nossa maior preocupação é dar suporte aos atletas para eles fazerem um bom trabalho durante a semana e também para afastar o risco da Covid-19”, conta o presidente. “Durante os treinos medimos a temperatura e os atletas respondem um relatório, todos os dias, sobre sintomas. Hoje a preocupação maior é com a preocupação de cada um. O foco hoje é manter todos saudáveis e uma estrutura de treino. Depois é torcer para ninguém se contaminar, pois praticamos um esporte coletivo”.



Grupos



Dezesseis equipes participam da competição, divididas em quatro grupos. A ADI Futsal está no Grupo B, junto com Hortolândia, Pulo do Gato (Campinas) e N10 (Jundiaí). Todos se enfrentam em ida e volta dentro das chaves e se classificam os três melhores colocados.

Os líderes de cada grupo seguem direto para as quartas-de-final, enquanto os segundos e terceiros lugares se enfrentam em playoff em duas partidas, garantindo assim mais quatro vagas. A realização de testes para Covid-19 antes dos jogos não será obrigatória, mas a Liga Paulista de Futsal exigirá que jogadores e comissão técnica respondam a um questionário e passem por avaliação médica antes de cada partida.



Crédito: Divulgação