Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Insone é a banda vencedora do Festival de Rock Virtual de Indaiatuba 2021

Insone é a banda vencedora do Festival de Rock Virtual de Indaiatuba 2021

 A banda Insone é a vencedora do Festival de Rock Virtual de Indaiatuba 2021, promovido pela Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. A Triunfo ficou em segundo lugar, seguido pela Cries for Help. O prêmio de Melhor Composição foi para a Black Mapache e de Melhor Intérprete, para a Triunfo.

“Tivemos ótimos trabalhos nesta 19ª edição do Festival de Rock de Indaiatuba, o que comprova a evolução constante desta cena musical em nossa cidade”, destaca a secretária municipal de Cultura, Tânia Castanho. “Agradecemos a todos pela participação e empenho. Em 2022, celebraremos juntos os 20 anos do Festival de Rock”. 

O voto popular com os vídeos das bandas finalistas foi disponibilizado entre os dias 29 de outubro a 7 de novembro no portal Cultura Online, mas não será considerado na avaliação final, uma vez que a Comissão Organizadora do Festival de Rock Virtual tomou ciência de relatório emitido pelo Departamento Municipal de Gestão de Tecnologia de Informação, órgão subordinado à Secretaria Municipal de Administração, que identificou falha operacional no layout do sistema de coleta de votos do festival.

Segundo relatado, os vídeos das finalistas apresentavam inconsistência de dados na sua identificação, fazendo com que o voto inicialmente direcionado a uma banda fosse creditado a outra por meio da inversão no nome da participante/apresentação escolhida pelo eleitorado. Diante dos fatos, a Comissão Julgadora decidiu pela desconsideração do disposto nos itens 5.6 e 5.7 do Edital do evento, referentes ao item Voto Popular.

Ficam, portanto, por decisão unânime da Comissão Organizadora, desconsiderados os itens acima elencados, classificadas as bandas conforme a votação da Comissão Julgadora, restando mantidas as demais condições estabelecidas no Edital e seus anexos.

Os prêmios serão de R$ 6 mil para o primeiro colocado, R$ 4.500 para o segundo e R$ 3.500 para o terceiro. Melhor Composição e Melhor Intérprete levam ainda R$ 2 mil cada. 

Jurados

Rafael Bittencourt formou-se Bacharel em Composição Musical e Regência em São Paulo, em 1996, pela Faculdade de Artes Santa Marcelina. Poucos anos antes, em 1991, fundou a mundialmente famosa Angra, uma das primeiras bandas de symphonic metal do mundo.

O primeiro álbum do Angra, Angels Cry, alcançou disco de ouro no Japão e levou a banda a uma história de sucesso pelo mundo todo, alcançando a marca de mais de um milhão de discos vendidos. Ao longo de sua carreira, seja pelo Angra ou em seu projeto solo, Rafael tem uma discografia de 24 títulos, incluindo singles, CDs, EPs e DVDs.

Marcello Pompeu iniciou sua carreira em 1982 em um festival de escola, sem pretensões profissionais, mas logo descobriu seu talento para a música. No ano seguinte, foi um dos fundadores da Korzus, banda brasileira de trash metal, considerada uma das maiores do gênero na América Latina.

Como produtor, venceu o Grammy Latino 2009 de Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa, com Depois da Guerra, do Oficina G3. Com a Korzus, tocou no Rock in Rio 2011 e recebeu o Prêmio Especial Homenagem Trajetória Internacional Quatro Décadas, do Prêmio Dynamite de Música Independente.

Clemente Nascimento é guitarrista, vocalista e compositor, um dos fundadores da Inocentes, clássica banda de punk rock paulistana, nascida em 1981, e desde 2004 também assumiu um dos vocais e guitarras da Plebe Rude, clássica banda de rock de Brasília.

Em 2016, lançou seu primeiro disco solo, Clemente & A Fantástica Banda Sem Nome, pelo selo HBB e seu livro em parceria com Marcelo Rubens Paiva, intitulado Meninos em Fúria, pela Companhia das Letras.

É apresentador dos programas Estúdio Showlivre, no site Showlivre.com e na TVT (44.1 da TV Digital); o Heavy Lero, em parceria com Gastão Moreira no canal do YouTube Kazagastão; e apresenta o Filhos da Pátria na rádio Kiss FM de São Paulo.

Os jurados do festival: Marcello Pompeu, Rafael Bittencourt e Clemente Nascimento (Crédito: Divulgação RIC/PMI)



Nenhum comentário:

Bottom Ad [Post Page]